30/05/2018

Sala digital, enfermaria e outros serviços do Terminal Central de Mauá completam um ano
Centenas de pessoas que circulam pelo local são atendidas semanalmente pelos serviços gratuitos

Caio Arruda

O fraldário é equipado com toda a infraestrutura necessária para atender dezenas de bebês

Há um ano todas as pessoas que embarcam e desembarcam no Terminal Central de Mauá recebem um tratamento diferenciado, não apenas na área de transporte, mas também na disponibilização de uma sala para inclusão digital, enfermaria, fraldário, além do Café do Trabalhador, que oferece refeição gratuita. Este conjunto de serviços públicos gratuitos atende centenas de pessoas semanalmente.


Mais de mil pessoas estão cadastradas na sala digital para obter acesso aos computadores, entre eles, o estudante Felipe Schivittz Pinto, 15 anos, que frequenta a sala digital desde o início do ano: “Aqui eu posso acessar o Facebook, me manter conectado e ainda imprimir trabalho da escola. O espaço também é interessante porque tem estantes com livros clássicos e eu levo alguns para casa”, conta. Pessoas com deficiência auditiva também visitam o local cotidianamente, o que aponta que a inclusão social está presente no planejamento de todos os serviços prestados.

Já na enfermaria, são recebidas em média 30 pessoas por dia. As ocorrências mais comuns são quedas, desmaios, hipertensão, hipotensão, diabetes, arritmia cardíaca e até estresse. Dois técnicos em enfermagem atuam no local e tem suporte da UPA Vila Magini, dependendo da gravidade do caso, os profissionais prestam os primeiros socorros e acionam o Samu.

A auxiliar de serviços gerais, Joelma Silva, 31 anos, sofre de pressão alta. Ela não estava se sentindo bem e foi até a enfermaria para fazer aferição da pressão. “Eu deveria tomar remédio todos os dias, mas só tomo quando passo mal. Ainda bem que vim aqui porque fui orientada corretamente, afinal, prevenir ainda é a melhor solução”, disse.

O fraldário equipado com toda a infraestrutura necessária para atender dezenas de bebês fica localizado na mesma área da enfermaria. O fluxo maior de pessoas que utilizam o fraldário é aos finais de semana, tendo em vista que o Terminal Central fica próximo ao shopping e de outros pontos de grande circulação.

Além de todos esses benefícios, a Prefeitura também distribui o Café do Trabalhador, com pão, café, leite e achocolatado, das 5h às 7h, garantindo a primeira refeição do dia àqueles que acordam cedo para trabalhar.

O horário de funcionamento da sala digital é das 8h às 20h, de segunda a sexta-feira e das 9h às 14h aos sábados. A enfermaria tem horário ampliado: das 6h às 20h, de segunda a sexta-feira e das 6h às 18h aos sábados.
 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Mauá
Secretaria de Comunicação Social
30/05/2018 14:30


Outras Notícias

15/08/2018

Canteiro central da avenida Jacu-Pêssego recebe serviços de zeladoria

A previsão é de que o trabalho seja concluído até o dia 24 de agosto

15/08/2018

Mauá terá coleta solidária de alimentos em supermercados

Produtos não perecíveis serão arrecadados para o Banco de Alimentos

14/08/2018

Alunos do curso de Pedagogia assistem a primeira aula no Polo Mauá da Univesp

Auditório da E.M. Cora Coralina lotou de estudantes nessa segunda-feira, 13/8

14/08/2018

Mauá comemora Dia Mundial de Combate à Poluição

A ação foi realizada na manhã desta terça-feira

13/08/2018

Serviços de zeladoria chegam à avenida Jacu-Pêssego

13/08/2018

Feira de Adoção de Animais bate recorde em Mauá

Marca histórica se deu pelo aumento de divulgação e pela parceria entre as secretarias

13/08/2018

Mauá recebe 1º Festival de Churros nesse fim de semana

Evento acontecerá na Avenida Portugal e tem o apoio da Prefeitura da cidade

13/08/2018

Prefeitura de Mauá inicia reposição de material furtado na passarela central

A previsão é de que o trabalho seja concluído até o dia 23 de agosto

10/08/2018

Aula inaugural do Polo Univesp de Mauá será na segunda-feira, 13/8

10/08/2018

Dia Mundial de Combate à Poluição terá palestra em Mauá

Evento abordará o tema “Impactos ambientais causados por ações antrópicas”