29/03/2010

Oswaldo Dias participa de lançamento do PAC 2 e se reúne com prefeitos da FNP
Prefeito destacou planejamento a longo prazo; programa prevê investimentos de mais de R$ 1 tri

Pedro França/ Divulgação

Oswaldo Dias, prefeito de Mauá, no lançamento do PAC 2, em Brasília

O prefeito de Mauá, Oswaldo Dias, participou na segunda-feira (29), em Brasília (DF), do lançamento da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Dias vê como positiva a iniciativa do Governo Federal em lançar obras de infraestrutura pelo Brasil e enfatiza o planejamento a longo prazo do programa . “O PAC 2 vai privilegiar obras nas cidades e em setores cruciais para o desenvolvimento de um país, como energia, transportes e habitação”, comentou.

Outro destaque citado pelo prefeito de Mauá é em relação ao planejamento das obras. “O atual governo está deixando investimentos programados para 2014 e depois”, disse, ao se referir ao anúncio feito hoje pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e pela ministra da Casa Civil Dilma Roussef de que o PAC 2 terá ações para os dois períodos.

Com previsão total de investimentos de R$ 1,59 trilhão, serão destinados R$ 958,9 bilhões de 2011 a 2014 e mais R$ 631,6 bilhões após-2014, o PAC 2 irá direcionar recursos para obras de habitação, mobilidade urbana, saneamento, transportes, energia e pré-sal. A segunda etapa do programa de obras do governo federal prevê, também, a universalização dos acessos aos serviços de água e energia elétrica.

Em janeiro de 2007, o primeiro PAC foi lançado com investimentos totais de R$ 638 bilhões para serem aplicados até 2010. No último balanço divulgado pelo governo federal, 46% das ações estavam em andamento ou já tinham sido entregues.

G 100

Após o lançamento do PAC 2, o prefeito Oswaldo Dias se encontrou com prefeitos da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) em um fórum de desenvolvimento econômico. Ele aproveitou para reforçar a pauta sobre o G 100 que constará da primeira reunião geral da Frente, em Florianópolis (SC), nos dias 26 e 27 de abril.

Em fevereiro, Dias havia sugerido em reunião preparatória da entidade que as 100 cidades com receita per capita inferior a R$ 1 mil e com mais de 80 mil habitantes se reunissem em um fórum para reivindicar uma outra forma de distribuição de recursos por meio do FPM (Fundo de Participação dos Municípios).

“Estamos animados com a proposta de se discutir uma nova forma de distribuição de recursos para as cidades”, afirmou.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Mauá
Secretaria de Comunicação Social
29/03/2010 18:05


Outras Notícias

24/04/2017

CPTR Móvel leva serviço de carteira de trabalho aos bairros

Miranda, Feital, Itaussu e Bandeirantes recebem van nos próximos dias; não é preciso agendar

20/04/2017

Programa de incentivo a leitura é sucesso em Mauá

50 livros são retirados diariamente; programa será expandido para outros terminais da cidade

20/04/2017

Mauá tem 34 vagas nesta semana

Maioria dos postos exige Ensino Fundamental e é para cargos em Mauá

19/04/2017

Mauá debate o Plano de Mobilidade Urbana

Projeto orienta as políticas públicas que devem ser implementadas no setor pelos próximos anos

17/04/2017

Mauá oferece 21 vagas nesta semana

Maioria dos postos exige ensino médio e é para cargos na cidade

17/04/2017

Mauá abre pré-matrícula para curso de Imagem Pessoal

quem se cadastrou no site do via rápida e recebeu telegrama poderá fazer aulas de cabeleireiro, manicure, pedicure e maquiagem

17/04/2017

Mauá começa vacinação contra Influenza

Prefeitura deve vacinar 104 mil pessoas neste ano

18/04/2017

Mauá realiza audiência pública para debater o Plano de Mobilidade Urbana

Evento será quarta-feira (19/4), no Centro de Formação de Professores

18/04/2017

CPTR Móvel atende Oratório e Magini nesta semana

Emissão de Carteira de Trabalho e intermediação de mão de obra são oferecidos pela equipe da van

11/04/2017

Mauá começa Campanha do Pescado

De terça a sexta-feira, feirantes oferecem peixes a preço popular em seis pontos