15/12/2015

Prefeitura de Mauá inaugura Centro Público de Economia Solidária
Cinco empreendimentos movimentam a economia e o espírito de cooperação da cidade

Rodrigo Zerneri

O Centro Público de Economia Solidária funciona na rua Oscarito, n° 809, no Jardim Sônia Maria

  

“Você é capaz. O mercado só precisa saber disso.” Essa é a frase estampada em uma parede do Centro Público de Economia Solidária, inaugurado na tarde de hoje (15) no Jardim Sônia Maria. Estavam presentes na solenidade de inauguração Cláudio Donizeti Lourenço , secretário de Trabalho e Renda, Marcos Filório, secretário de Segurança Alimentar, Viviana Araceli, representante do Conselho e do Fórum de Economia Solidária, Thais Rodrigues, representante da Braskem, que é parceira do projeto, além de Noé Cazetta, coordenador do novo espaço. 

Em sua fala, Cláudio Donizeti reforçou a importância de um espaço como este para a região. “É com muita satisfação que inauguramos este espaço hoje, fruto do esforço de todos. Fomentar a cultura da cooperação e da economia solidária é um passo extremamente importante para o crescimento econômico e social de Mauá. Trabalho em equipe é a chave do sucesso”, comemorou. 

O Centro Público de Economia Solidária compreende instalações físicas e infraestruturas de mobiliário e equipamento apropriados para abrigar iniciativas que contribuam com o desenvolvimento da Economia Solidária em Mauá. Fazem parte de seu funcionamento cinco empreendimentos que reúnem cerca de 50 pessoas: horta comunitária, confecção de sofás, dois grupos de costura, confecção de tricô e confecção de bengalas para deficientes visuais. Os produtores contam com espaço físico para comercialização de seus produtos e com a orientação de técnicos que estão presentes em cada região. 

Cooperação - Diolindo Sousa, do projeto Okavango, faz parte do empreendimento que confecciona sofás reformados a preços de custo. Sendo parte do espaço, seu trabalho transforma vidas através do espírito de cooperação que impera no local. “Reformamos sofás velhos e confeccionamos novos a partir de peças consideradas recicladas. O intuito é comercializar para a população de baixa renda, que inclusive pode usar seu sofá antigo como parte do pagamento, já que suas peças são nossas matérias-primas. É um trabalho de cooperação e parceria que dá muito certo, e tem tudo para crescer”, declara, confiante. 

O Centro Público de Economia Solidária funciona na rua Oscarito, n° 809, no Jardim Sônia Maria, e funciona de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Mauá
Secretaria de Comunicação Social
15/12/2015 18:00


Outras Notícias

17/05/2017

Prefeitura reinaugura o Terminal Central

Local agora conta com Café do Trabalhador, Enfermaria, Fraldário e Sala Digital

16/05/2017

1ª Caminhada da Adoção de Mauá é neste domingo

Evento visa chamar a atenção da sociedade sobre o tema

16/05/2017

Mauá celebra Dia do Combate à homofobia com ações na cidade

Conselho Municipal de Direitos Humanos terá bate-papo com comunidade homossexual para discutir conscientização

16/05/2017

Festa Junina de Mauá terá Belo, Matheus & Kauan, As Coleguinhas e muito mais

Evento acontece entre 10 de junho e 2 de julho, no Paço

11/05/2017

Mauá retoma obras de urbanização do Cerqueira Leite

Prefeitura libera verba com governo federal e investe em infraestrutura do bairro

09/05/2017

Fique em Dia com a Prefeitura

Programa dá descontos de até 100% em juros e multas sobre suas dívidas municipais

09/05/2017

Mauá oferece oficinas culinárias especiais no mês das mães

Cursos gratuitos acontecem no Zaíra e trazem diferentes opções para agradar todos os moradores

03/05/2017

Mauá retoma obras de calçadão central

será totalmente remodelado com novas guias, pavimentação e galeria de águas pluviais

03/05/2017

Feiras gastronômicas animam as noites de Mauá

De terça a sábado, encontros rodam cidade e oferecem diferentes opções de cozinha para quem quer variar

01/05/2017

Mauá abre posto no Poupatempo para atender empresas

Poderão ser solicitados no local serviços relacionados à abertura e fechamento, hoje prestados no Paço Municipal