Visite a Prefeitura no Instagram Visite o canal da Prefeitura no YouTube Visite a Prefeitura no Flickr Visite a Prefeitura no Facebook Siga a Prefeitura no Twitter

28/09/2015

Mauá está entre as cidades mais sociais do interior de São Paulo
Na análise dos prefeitos, Donisete Braga também é um dos mais sociais e ficou em 10º no ranking dos líderes municipais do Estado

Divulgação

A prefeitura de Mauá é a terceira do Estado que apresenta o melhor desempenho na comunicação digital

 

A prefeitura de Mauá foi a terceira melhor avaliada pela Pesquisa Social Cities São Paulo - Interior, que analisou o uso das mídias sociais e internet para falar e ouvir a população por 46 cidades paulistas, excluindo a capital do Estado. Na análise dos prefeitos, Donisete Braga também é um dos mais sociais e ficou em 10º no ranking dos líderes municipais do Estado. A prefeitura de Mauá é a terceira do Estado que apresenta o melhor desempenho na comunicação digital e figura no grupo das cidades que alcançou a nota média sete, de um máximo possível de dez, na avaliação da pesquisa. 

Esse foi o mais alto patamar alcançado pelas prefeituras paulistas analisadas no levantamento, que avalia como os governos locais das principais cidades do interior de São Paulo se comunicam com os moradores pela internet. 

O bom desempenho deve principalmente ao volume de informação publicada pela prefeitura em seus canais, além da oferta de canais e meios para que o usuário possa enviar seu comentário, sugestão e crítica para o governo local. As demais cidades da região analisadas na pesquisa ficaram com a seguinte classificação: Santo André em 11º, Diadema (26º), São Bernardo do Campo (31º) e São Caetano do Sul (33º) entre 46 municípios. 

O prefeito da região com a melhor classificação é Lauro Michels Sobrinho (PV), de Diadema, que ficou em 6º lugar. Em seguida vêm Donisete Pereira Braga (PT) de Mauá (10º), Carlos Grana (PT) de Santo André (26º) Luiz Marinho (PT) de São Bernardo (28º) e Paulo Nunes Pinheiro (PMDB) de São Caetano em (35º). 

CIDADES TÊM DEZ ANOS DE ATRASO NO DIGITAL 

A Pesquisa Social Cities São Paulo - Interior da Medialogue Digital avaliou como 46 prefeituras paulistas utilizam recursos básicos de comunicação digital para ouvir os cidadãos, informá-los e dialogar com eles. O desempenho das cidades foi medido em uma escala de zero a dez. O resultando surpreendeu negativamente os coordenadores do estudo. Mais da metade das prefeituras não atingiu cinco pontos. A nota máxima foi sete, obtida por apenas cinco municípios. “A pesquisa retrata a realidade de algumas das cidades mais ricas do Brasil. Esperávamos resultados melhores”, diz Alexandre Secco, coordenador do levantamento. 

A pesquisa nas cidades paulistas constatou que a maioria delas têm sites e presença nas redes sociais, mas pouquíssimas conseguem estabelecer uma conversa com as pessoas e quase nenhuma aproveita esses recursos em projetos de desenvolvimento. “É como se estivessem na década de 90, quando essas plataformas estavam sendo descobertas. Um atraso de pelo menos dez anos”, diz Secco. 

A world wide web já existe há mais de 25 anos e as redes sociais estão aí há mais de uma década. Há exemplos em todo mundo de como os governos estão usando esses recursos de comunicação de forma transformadora, com grande impacto na qualidade de vida das pessoas. O conceito de comunicação digital vai muito além de sites e da presença em redes sociais. Quem vive em cidades “digitalizadas” já pode usar a internet para marcar consultas médicas, encontrar vagas em escolas, pagar e renegociar impostos, reclamar de multas, fiscalizar as contas públicas, navegar gratuitamente pela web, acompanhar a programação cultural e de esportes e solicitar serviços. Esses são apenas alguns exemplos. 

As cidades que estão levando esse assunto realmente a sério enxergam a fronteira digital como uma dos principais caminhos para o desenvolvimento e o bem estar de seus moradores. O caso de Nova York é emblemático. Desde 2009, a cidade paga até 350 mil dólares em prêmios anualmente para os melhores aplicativos criados a partir de bases de dados públicas. Da iniciativa já nasceram vários negócios bem sucedidos. 

A Pesquisa Social Cities São Paulo - Interior faz parte de uma série de mais de 30 estudos publicados desde 2011 pela Medialogue Digital abordando as relações entre política, governo, sociedade e comunicação digital. Foram analisadas 46 cidades paulistas com mais de 200 mil habitantes ou PIB maior de 4 bilhões de reais, excluindo a capital São Paulo. Essa pesquisa foi inspirada no levantamento “Civic Engagement and Local E-Government: Social Networking Comes of Age”, produzido pela Universidade de Illinois em Chicago que, em 2009 e 2011, avaliou sites de governos locais e como as suas funcionalidades contribuíam para criar relacionamentos com a população em 75 cidades americanas.

Para saber mais e fazer o download da pesquisa completa: http://bit.ly/socialcitiesSP

OS DESTAQUES DA PESQUISA 

A nota máximo das cidades foi 7 de um total de 10 - Cinco cidades se destacaram no ranking final das que melhor se comunicam na internet: Jundiaí, Mauá, Praia Grande, Ribeirão Preto e Santos, todas com nota final sete de um máximo possível de dez. Entre os prefeitos o destaque positivo foi Elvis Leonardo Cezar (PSDB), de Santana de Parnaíba, o único que atingiu a nota final seis. Outros cinco líderes municipais ficaram com nota cinco. 

Canais das cidades não tem audiência na web - Entre as quatro áreas analisadas na pesquisa, a audiência dos canais sociais e sites das prefeituras foi a que registrou o pior desempenho. A nota média das 46 cidades analisadas foi de dois pontos de um máximo de dez e 15 municípios ficaram abaixo desse patamar. 

Baixada Santista é a região que concentra prefeituras e prefeitos mais bem avaliados - Tanto as prefeituras como os prefeitos da Baixada Santista foram os destaques na pesquisa. A nota média final das prefeituras do litoral paulista foi seis, enquanto a de seus prefeitos chegou a 3,5. A segunda região com melhor resultado foi Campinas, cujas prefeituras atingiram nota cinco. 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Mauá
Secretaria de Comunicação Social
03/11/2015 11:12


Outras Notícias

22/09/2017

Mauá tem 26 vagas de emprego

Maioria dos postos é para o setor textil e de indústria, todos para trabalhar na cidade

22/09/2017

Mauá promove o Dia do Estacionamento Solidário

Parceria com administradora do estacionamento ZONA AZUL, Estapar, vai doar arrecadação da próxima segunda-feira à entidades sociais

21/09/2017

Museu de Mauá abre exposição de arte Afro-Brasileira

Mostra reúne mais de 20 obras entre esculturas, instalações e quadros da artista mauaense Talita Rocha

21/09/2017

Mauá promove debate em Dia Nacional da Luta das Pessoas com Deficiência

Data é celebrada nesta quinta-feira e lembra a necessidade de ampliar diálogos sobre acessibilidade

19/09/2017

Mauá abre vagas de qualificação em cinco cursos

Treinamentos gratuitos duram quatro horas e acontecem em parceria com o Sesi e ACIAM

18/09/2017

Mauá promove Semana do Trânsito

Prefeitura lança programa Trânsito Eu Respeito para abordar segurança na travessia; ações também englobam jovens e adultos no centro da cidade

19/09/2017

Mauá promove Semana da Árvore

Evento terá ações de sustentabilidade, trilhas e plantação, além de muita música e dança na Praça 22 de Novembro

18/09/2017

Parque das Américas recebe Poupatempo Animal

Animais do bairro recebem consultas até sexta-feira (22)

19/09/2017

Confira os vencedores do Festival de Violeiros

Prefeitura premiou composições e artistas em festa que aconteceu no fim de semana na cidade

19/09/2017

Prefeitura entrega novos leitos no Nardini

Novos leitos atenderão casos de baixa complexidade e ajudarão a desafogar Pronto Socorro