Visite a Prefeitura no Instagram Visite o canal da Prefeitura no YouTube Visite a Prefeitura no Flickr Visite a Prefeitura no Facebook Siga a Prefeitura no Twitter

10/07/2015

Uninove será a instituição de ensino responsável pela Faculdade de Medicina em Mauá
Anúncio foi feito nesta sexta-feira (10) em solenidade em Brasília que divulgou o resultado das instituições selecionadas para criação de novos cursos de medicina

Roberto Mourão/ PM

O termo para a instalação da faculdade foi assinado em setembro de 2014 pelo ministro Arthur Chioro

 

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, e o ministro da Educação, Renato Janine, apresentaram nesta sexta-feira (10), em Brasília, o resultado das instituições privadas selecionadas para criação de novos cursos de medicina. A ação faz parte das medidas estruturantes do Programa Mais Médicos, que visam à expansão e interiorização da formação médica no país. Em Mauá, a Faculdade 9 de Julho (Uninove) foi a instituição cuja proposta foi vencedora para a abertura dos cursos no município.

Ao todo, serão ofertadas 50 vagas de graduação em medicina para a cidade. Mauá figura entre os 36 municípios brasileiros autorizados pelo Governo Federal a implantar Faculdade de Medicina em seu território. De acordo com o ministro da Educação, a previsão é que entre três e 18 meses tenha início o processo de implantação das faculdades nas 36 cidades contempladas nesta primeira etapa, e a partir de 2017 os cursos estejam funcionando a pleno vapor.

“A faculdade de medicina é fator decisivo na fixação de profissionais médicos em nossa cidade, o que tende a beneficiar todo o sistema de saúde. Hoje é um dia de extrema importância para Mauá e que consolida o amplo processo de reestruturação na área de saúde que estamos promovendo desde janeiro de 2013”, comemora o prefeito Donisete Braga.

Disputa - Desde que Mauá recebeu aprovação do Ministério da Educação para criação da sua primeira faculdade de medicina, representantes de diversas instituições de ensino se reuniram com o prefeito Donisete Braga e técnicos do governo em busca de informações, entre as quais as universidades São Judas, Mackenzie, Anhanguera e Uninove, além do Colégio Renil, localizado na cidade.

O termo para a instalação da faculdade foi assinado em setembro de 2014 pelo ministro Arthur Chioro durante solenidade no Polo da Universidade Federal do Grande ABC (Escola Preparatória), em Mauá. Em dezembro do ano passado, o MEC publicou edital de chamamento para definir a instituição de nível superior que seria responsável pelo curso.

Cronograma - De acordo com o edital do governo federal, o cadastramento de instituições interessadas foi aberto no dia 29 de dezembro de 2014. A fase de envio de documentação se estendeu até 6 de fevereiro de 2015, a divulgação da primeira fase de classificação ocorreu em abril deste ano e a divulgação do resultado preliminar aconteceu em maio. Já o prazo para apresentação de recursos agora será de 13 a 22 de julho e o resultado final será publicado no dia 28 de agosto.

Condições - A aprovação da faculdade em Mauá dependeu de vistoria dos equipamentos da rede municipal de Saúde pelo Ministério da Educação. Tal cuidado é compreensível: Unidades Básicas de Saúde, Hospitais e outros recursos serão utilizados como cenário pedagógico pelos alunos da futura faculdade. Mauá conta com 23 Unidades Básicas de Saúde, quatro Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), rede de atenção psicossocial, entre outros recursos que embutem função pedagógica e social.

Em 2014, implantou programa de Residência Médica e passou a contar com 26 médicos residentes atuando no Hospital Nardini e em toda a rede. A faculdade completa o esforço na formação visando o atendimento da população da cidade.

Além disso, a chegada de 47 médicos cubanos, por intermédio do programa federal Mais Médicos, possibilitou que o número de visitas domiciliares subisse de 51.996, no primeiro quadrimestre de 2014, para 102.402, em 2015.

Ao todo, 216 instituições de ensino se inscreveram em todo o país para participar do edital para criação de novos cursos de medicina, sendo que 115 foram habilitadas, 64 classificadas e 36 tiveram propostas vencedoras. Inicialmente, serão geradas 2.290 novas vagas nos 36 municípios contemplados nesta primeira etapa.     

 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Mauá
Secretaria de Comunicação Social
13/07/2015 11:32


Outras Notícias

19/02/2018

CPTR de Mauá disponibiliza 36 vagas de emprego

Maioria das oportunidades é destinadas a pessoas com Ensino Médio completo

19/02/2018

GCM de Mauá faz operação para garantir segurança em pontos de ônibus

Estratégia é definida em reunião com moradores da Vila Falchi, por meio do programa Prefeito no seu Bairro

19/02/2018

Mauá prorroga campanha de imunização contra a Febre Amarela

Unidades de Saúde do município aplicarão as doses da vacina até o dia 2 de março

15/02/2018

Cadastro do passe escolar de Mauá pode ser feito por aplicativo

Programa é gratuito e está disponível para as plataformas Android e iOS

05/02/2018

Mauá tem 162 vagas disponíveis no CPTR

Do total de oportunidades, 92% são destinadas a quem tem o Ensino Fundamental incompleto

05/02/2018

Cadastro do passe escolar de Mauá pode ser feito por aplicativo

Programa é gratuito e está disponível para as plataformas Android e iOS

29/01/2018

CPTR de Mauá oferece 36 vagas de emprego

São 21 oportunidades para candidatos com Ensino Fundamental completo e 15 para quem tiver Ensino Médio

29/01/2018

Mauá vacina 30,3 mil pessoas contra a Febre Amarela em dois dias

Número equivale à média de 28 pessoas vacinadas por minuto nas 23 UBSs do município

29/01/2018

Prefeitura de Mauá lança o programa IPTU premiado

A cada ano, serão sorteados R$ 12 mil em prêmios aos contribuintes que estiverem quites com os tributos municipais

30/01/2018

Mauá vacina 16,5 mil pessoas no primeiro dia de campanha contra Febre Amarela

Todas as 23 Unidades Básicas de Saúde da cidade estão aplicando as vacinas gratuitamente