25/06/2015

Uma das Guardas mais antigas do país aderiu à tecnologia para aprimoramento profissional
Dedicação da equipe facilita o aprendizado e permite avanços nas práticas diárias

Bruno Costa Prado

São sete computadores ligados 24 horas, sete dias por semana, com três monitores dedicados

 

 

Ismael Benedito da Silva é guarda civil municipal há 27 anos. Intimidade com computador? Nenhuma até que chegou sua vez de atender ao requisito de 80 horas de aulas práticas e teóricas para reciclagem profissional na Guarda Civil Municipal de Mauá. “A experiência de vida pesa muito, mas o aprendizado deixa a gente mais livre e seguro para estar atuando na profissão”, explica o gcm Ismael. Empolgado, ele já fez seis cursos no telecentro da corporação: Crimes Ambientais, Gerenciamento de Conflitos, Policiamento Comunitário, Policiamento Escolar Comunitário, Mediação de Conflitos e Condução de Veículos de Emergência. “Se dedicando, a gente aprende bastante”, comenta.

São sete computadores ligados 24 horas, sete dias por semana, com três monitores dedicados e antenados. A orientar os alunos ficam os guardas Mendes e Gil, no período diurno, e Brandão, à noite. Desta forma, os guardas podem estudar no seu turno de trabalho. “Como tem a ver com o dia a dia, a pessoa acaba se encantando”, definiu o gcm Gil.

Assim, o efetivo de 220 guardas municipais de Mauá tem aproveitado o acesso à internet para a realização dos cursos na modalidade Ensino à Distância da Matriz Curricular ofertada pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), do Ministério da Justiça, por meio do telecentro, em formação destinada exclusivamente aos profissionais das forças de segurança. “É fundamental contarmos com agentes bem preparados para prestarmos um serviço da melhor qualidade para a população de Mauá”, afirmou o secretário de Segurança Pública, Carlos Wilson Tomaz. A Guarda Civil de Mauá é uma das mas antigas do país. 

São realizados em quatro ciclos por ano, sendo dois cursos por ciclo. A carga, teórica e prática, é de 80 horas. Após a realização de cinco módulos de curso, os guardas já podem participar de espaços de discussão virtual com profissionais do país inteiro. “Caso não haja adesão ao processo de reciclagem, os agentes de segurança ficam impedidos de desenvolver a capacidade profissional plenamente, perdendo os 30% de periculosidade, e perdendo o porte de arma”, afirmou o gcm Mendes.

“Tudo isso é lei e já está incluído no Estatuto da Guarda, em vigor desde 2014. Além disso, é requisito para o convênio entre a Prefeitura e a Polícia Federal, renovado a cada dois anos”, afirma o gerente do convênio e coordenador do Centro de Formação da GCM de Mauá, o subcomandante Cícero dos Santos Oliveira. Toda a formação é feita em horário de trabalho, sem desguarnecer os postos de serviço.

Há 19 anos trabalhando na GCM de Mauá, a guarda Zenit deu início pelo curso de Mediação de Conflitos, o qual considera fundamental nas tarefas cotidianas. Entre os diferentes tópicos a serem estudados constam Conflitos e Violência e Meios de Resolução Pacífica de Conflitos. “Acho muito importante. E quero comparar com o que tenho feito, se foi certo ou errado”, disse, ciente de que faz seu melhor. “No meu trabalho faz diferença ter o curso para lidar com pessoas”, considera.

“Este é um local de aprendizado, é normal acertar e errar”, analisa Mendes. Os agentes de segurança também assistem aulas com situações gravadas em vídeo, “em que podem colocar em prática conforme o que a lei preconiza”, relatou Gil. “Alguns sequer tinham contato com computador, e, hoje, participam até dos fóruns de discussão. Hoje eles têm muito mais paciência”, comemora o comandante da instituição, João Carlos Conígero.

Em julho, os motociclistas da corporação também irão participar de um curso de Primeiros Socorros, com a equipe do SAMU de Mauá. “Será possível saber como agir melhor em situações de emergência, aprimorando noções de que quem atender primeiro, o que fazer e avaliar o que já tem sido feito, para aumentar as chances de resgate”, segundo o gcm Gil.

 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Mauá
Secretaria de Comunicação Social
01/07/2015 16:46


Outras Notícias

19/07/2018

Ecopontos de Mauá passam por revitalização e implantação de novos procedimentos

Projeto visa a conscientização dos munícipes para o descarte de resíduos

17/07/2018

Mauá conquista ouro e prata nos Jogos Regionais

Ginástica Rítmica, Basquete, Vôlei e Capoeira renderam medalhas importantes à cidade

13/07/2018

Reunião entre prefeita Alaíde Damo e Estado pauta apoio à Saúde

Hospital Nardini foi o foco da conversa; Secretaria estadual da Saúde se mostrou solícita

13/07/2018

CPTR de Mauá oferece 33 vagas de emprego

Maioria das oportunidades é destinada para quem possui Ensino Fundamental Completo

12/07/2018

Biblioteca Cecília Meireles de Mauá aumenta o número de visitantes em 36%

Espaço adaptado, cursos gratuitos, exposições, troca de livros, mini-auditório e outras facilidades atraem público eclético

11/07/2018

Prefeitura lança o ‘Tour Mauá’ no mês das férias

Passeio gratuito pelos pontos turísticos contará história da cidade

10/07/2018

Prefeitura de Mauá conquista recurso do ProAC para investir na Cultura local

Alaíde Damo é a única prefeita do ABCDMRR a assinar convênio que beneficiará artistas

10/07/2018

Prefeita Alaíde Damo vai a Brasília em busca de investimentos na Saúde

Viagem rendeu recursos para compra de medicamentos e equipamentos para a rede municipal

10/07/2018

Prefeita Alaíde Damo amplia vagas gratuitas da Univesp

Polo em Mauá terá mais de 1.600 alunos cursando ensino superior

10/07/2018

Prefeita Alaíde Damo assina convênios com o governo do Estado

Cidade recebe R$ 4 milhões para recuperação de ruas, além de valorização de artistas mauaenses