Visite a Prefeitura no Instagram Visite o canal da Prefeitura no YouTube Visite a Prefeitura no Flickr Visite a Prefeitura no Facebook Siga a Prefeitura no Twitter

18/05/2015

Mauá debate ações de Economia Solidária com parceiros
Encontro reuniu 48 entidades para analisar a conjuntura e discutir o Plano Estadual da EcoSol

Bruno Costa Prado

Evento contou com a presença do secretário nacional de Economia Solidária Paul Singer

 

Mauá recebeu nesta segunda-feira (18) os parceiros da Economia Solidária no estado de São Paulo. O encontro, que se encerra nesta terça (19), contou com a presença do secretário nacional de Economia Solidária Paul Singer, e reuniu 48 organizações governamentais e da sociedade civil. A finalidade foi analisar a conjuntura das ações do setor no estado e no Brasil, além de discutir o processo de construção do Plano Estadual e dos planos plurianuais de 2016 a 2019. O Encontro Estadual de Economia Solidária acontece no Centro de Formação Qualifica Mauá, a partir das 9h30, na área central da cidade.  

O prefeito de Mauá, Donisete Braga, ressaltou os valores da Economia Solidária e a importância da troca de experiências entre municípios. “É motivo de alegria receber o professor Paul Singer na nossa cidade, queremos fortalecer o processo solidário e não competitivo na Economia Solidária, dessa forma vamos cada vez mais consolidar nossas experiências de políticas públicas”, pontuou. “Acreditamos nesse processo de integração entre municípios. Há ainda uma parceria com governo federal, que tem inovado muito nas políticas públicas de economia solidária”, concluiu. 

Segundo o secretário nacional de Economia Solidária, a EcoSol é composta majoritariamente por trabalhadores desempregados que aproveitam a oportunidade. “Quem é que cria Economia Solidária são, basicamente, trabalhadores desempregados; a relação entre economia solidária e desemprego é vital”, afirmou. “O desemprego é a forma mais cruel de exclusão social, a pessoa trabalha anos, cria amizade e de repente está fora e perde tudo”, explicou. “A Economia Solidária é uma terapia, porque cria relação humana e explica porque o trabalhador deixa sua crise”, concluiu. 

Em Mauá, atualmente há 60 empreendimentos econômicos solidários vinculados à Secretaria de Trabalho e Renda. Foram efetuados 1.891 atendimentos individuais de 2013 até agora, além de 2.166 atendimentos via Incubadora itinerante e 493 atendimentos coletivos no mesmo período. 

 

 

 

 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Mauá
Secretaria de Comunicação Social
18/05/2015 19:14


Outras Notícias

23/06/2017

CPTR Móvel volta a atender nesta semana

Emissão de Carteira de Trabalho e intermediação de mão de obra serão oferecidos pela equipe da van

23/06/2017

Prefeitura entrega chaves de apartamentos para 520 famílias

Administraçãoa acelerou aprovação de alvarás e vistorias do Condomínio Altos de Mauá para garantir direito à casa própria a munícipes

22/06/2017

Mauá renova Fique em Dia por mais um mês

Programa que dá descontos de até 100% em juros e multas em dívidas com a Prefeitura vai até o dia 21 de julho

22/06/2017

Restaurantes Populares ganham cardápio junino

Mês festivo inspira menu dos estabelecimentos, que fornecem alimentação saudável para milhares de moradores de Mauá

23/06/2017

CPTR terá serviços suspensos de 19 a 23 de junho

refeitura vai garantir treinamento para melhorar e agilizar o atendimento aos munícipes

14/06/2017

Mauá tem 154 vagas nesta semana

Maioria dos postos exige ensino médio completo e é para cargos em Mauá

13/06/2017

Mauá vacina 87 mil contra a gripe

Campanha foi prorrogada até o dia 23 de Junho; Prefeitura quer vacinar 100 mil moradores da cidade

12/06/2017

Família mauaense comparece ao primeiro fim de semana da 33ª Festa Junina de Mauá

09/06/2017

Fundo Social de Mauá arrecada 1.000 cestas básicas

Alimentos serão repassados para entidades da cidade e distribuídos para famílias de baixa renda

09/06/2017

Mauá tem 37 vagas nesta semana

Maioria dos postos é para cargos em Mauá e exige apenas ensino fundamental