Visite a Prefeitura no Instagram Visite o canal da Prefeitura no YouTube Visite a Prefeitura no Flickr Visite a Prefeitura no Facebook Siga a Prefeitura no Twitter

10/03/2015

Economia Solidária de Mauá oferece curso de gestão para empreendimentos solidários
Formação tem caráter educativo e vai qualificar os empreendimentos econômicos solidários da cidade

Roberto Mourão/ PM

Um dos empreendimentos é o carrinho da Economia Solidária que leva alimentação saudável ao servidor

 

A Coordenadoria de Economia Solidária (EcoSol), da Secretaria de Trabalho e Renda, oferece curso de formação em gestão e planejamento para Empreendimentos Econômicos Solidários (EES). As inscrições são destinadas a empreendimentos atendidos pela EcoSol. O início da formação foi no último dia 10 de março. 

O curso visa apresentar os princípios e valores da Economia Solidária, além de oferecer ferramentas e metodologias para qualificar sua organização e gestão. A formação abordará elaboração de estudos de viabilidade econômica, planejamento, apresentação do produto ou serviço e aspectos contábeis. Os encontros serão às terças-feiras, das 13h às 17h, durante os meses de março, abril, maio e junho no Espaço EcoSol. 

Para o secretário de Trabalho e Renda, Marcelo Lucas Pereira, o curso dará aos empreendedores solidários a visão estratégica para seu desenvolvimento social e econômico. “O objetivo desse curso é proporcionar um espaço para formação e qualificação dos empreendimentos existentes na cidade. Trata-se de uma ação de inclusão social e educativa da Prefeitura para transformar Mauá numa cidade educadora”, explicou. 

Serviço - Economia Solidária é um jeito diferente de produzir, vender, comprar e trocar o que é preciso para viver. Tornou-se, nos últimos anos, uma inovadora alternativa de geração de trabalho e renda e uma resposta a favor da inclusão social. 

Compreende uma diversidade de práticas econômicas e sociais organizadas sob a forma de cooperativas, associações, clubes de troca, empresas autogestionárias, redes de cooperação, entre outras, que realizam atividades de produção de bens, prestação de serviços, finanças solidárias, trocas, comércio justo e consumo solidário. 

Atendimento - O Espaço da Economia Solidária está localizado na Rua Rio Branco, 85, 1º andar. O atendimento funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. O telefone para contato é 4514-6141.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Mauá
Secretaria de Comunicação Social
23/03/2015 09:08


Outras Notícias

15/12/2017

Gruta de Santa Luzia terá horário de funcionamento ampliado

Com reforço na Segurança, parque passará a ficar aberto das 6h às 19h a partir de março

13/12/2017

Prefeito assina convênio para garantir trânsito mais seguro

Parceria com o governo de São Paulo prevê liberação de recursos para execução de melhorias viárias

11/12/2017

CPTR de Mauá disponibiliza 43 vagas de emprego

São oferecidas 20 oportunidades para operador de empilhadeira em empresa de Mauá

11/12/2017

Parlapatões e Ailton Graça marcam reabertura do Teatro Municipal

Equipamento foi inaugurado em 2001 e ficou fechado por aproximadamente quatro anos

15/12/2017

Parque da Gruta de Santa Luzia é reinaugurado

Espaço de lazer ganhou novos ares com playground, academia ao ar livre, melhoria na sinalização e recomposição das trilhas, entre outras ações

09/12/2017

Mauá entrega FIEC e mais duas escolas municipais

Com os novos equipamentos, Prefeitura abre quase 1.000 vagas em educação infantil e creche

08/12/2017

No aniversário de Mauá, Prefeitura entrega PS do Nardini

Administração municipal também inaugurou o Pronto Atendimento Infantil na Vila Assis

06/12/2017

Prefeitura entrega novos equipamentos para a Segurança

Administração municipal inaugurou base 24h da GCM e central de monitoramento por câmeras

04/12/2017

Prefeitura inicia entrega de 100 ônibus zero-quilômetro

Entrega dos veículos faz parte da programação especial de aniversário da cidade

04/12/2017

No CPTR de Mauá, 39 vagas são disponibilizadas para a semana

Oportunidades são para trabalhar em Santo André, Mauá, Ribeirão Pires e Mogi das Cruzes