13/11/2014

Ex-alunas do Qualifica Mauá formam empreendimento de Economia Solidária
Grupo de 15 costureiras se uniram para conquistar respeito, autonomia financeira e o mercado

Divulgação

O futuro empreendimento será atendido também pela Incubadora Pública Itinerante

 

 

Um grupo de ex-alunas do curso de corte e costura do programa Qualifica Mauá se uniram para formar um empreendimento de costura na cidade. Auxiliados pela Coordenadoria de Economia Solidária, as costureiras se reúnem periodicamente para definir itens como nome do grupo, logomarca, regimento interno, entre outros. O futuro empreendimento será atendido também pela Incubadora Pública Itinerante. 

O novo empreendimento econômico solidário (EES), formado por 13 costureiras e duas desenhistas modelistas, deve ocupar o antigo posto de atendimento da Prefeitura, no Jardim Sonia Maria, que passará por reforma e adequações por meio de parcerias. O grupo também poderá atuar em rede, reunindo-se para definir os pontos pendentes. 

Segundo o secretário de Trabalho e Renda, Marcelo Lucas Pereira, qualquer empresa pode atuar em parceria com esse empreendimento. “Um empreendimento de economia solidária não se levanta sozinho, é preciso o esforço do coletivo, inclusive das empresas parceiras, que podem obter produtos e serviços de qualidade a partir da atuação em conjunto, respeitando os princípios da economia solidária”, apontou. 

Para a costureira Cristiane Nascimento, o trabalho em equipe é motivador e torna-o mais fácil e agradável. “A maioria do nosso grupo são de ex-alunas do Qualifica Mauá. Estamos definindo itens como nome, logomarca e produtos para participar da Feira de Economia Solidária e comercializar; em equipe tudo flui melhora, a energia é boa e espero que a gente consiga dar o pontapé inicial”, explicou. “Para isso, precisamos resolver a adequação do espaço e investimento, porque hoje estamos produzindo na minha casa, mas queremos alavancar o negócio”, finalizou. 

A costureira Beatriz Felintro da Silva Teixeira foi aluna do curso de corte e costura do Qualifica Mauá e destaca o apoio coletivo para atingir o sucesso do empreendimento. “Sozinho a gente não se sente bem, mas em grupo nos sentimos melhor, sem depressão e sem medo, além da valorização dessas mulheres, porque isso vale mais que dinheiro”, pontuou. “Sempre tive a intenção de trabalhar em um grupo de costureiras, fiz o curso para atuar nisso, ainda não definimos um nome, mas minha expectativa é que a gente coloque o empreendimento para funcionar no bairro”, concluiu. 

Serviço - Economia Solidária é um jeito diferente de produzir, vender, comprar e trocar o que é preciso para viver. Tornou-se, nos últimos anos, uma inovadora alternativa de geração de trabalho e renda e uma resposta a favor da inclusão social. 

A coordenadoria de Economia Solidária atende atualmente 28 empreendimentos econômicos solidários, o dobro do que atendia no ano passado. São empreendimentos organizados sob a forma de cooperativas, associações, grupos comunitários para a geração de trabalho e renda, empresas que adotem o princípio da autogestão. Em 2014, foram 104 encontros e quatro ações: Espaço EcoSol Mauá, Projeto Carrinho Solidário, curso de introdução à economia solidária e o atendimento a 400 famílias cadastradas no CadÚnico, por meio da Incubadora Pública Itinerante. 

Atendimento - A Coordenadoria de Economia Solidária atende no piso superior do Centro Público de Trabalho e Renda, na Rua Manoel Pedro Júnior, 45, próximo à Praça da Bíblia. O atendimento funciona de segunda à sexta, das 8h às 17h. Os telefones para contato são 4514-7860 ou 4514-6141.

 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Mauá
Secretaria de Comunicação Social
13/11/2014 15:38


Outras Notícias

28/04/2017

Prefeitura retoma monitoramento por câmeras de Segurança

Sistema estava paralisado desde 2016 por falta de manutenção dos equipamentos

28/04/2017

Mauá traz entretenimento para família no Dia do Trabalho

Prefeitura prepara evento com qualificação, feira de artesanato e gastronômica e muita música

27/04/2017

Mauá arrecada alimentos para vítimas das chuvas

Show no Parque da Juventude conseguiu uma tonelada de alimentos que ajudarão moradores do Capuava e do Santa Cecília

24/04/2017

CPTR Móvel leva serviço de carteira de trabalho aos bairros

Miranda, Feital, Itaussu e Bandeirantes recebem van nos próximos dias; não é preciso agendar

25/04/2017

Inscrições abertas para a Pré-Conferência Municipal de Educação

Evento será realizado de 3 a 5 de maio, em dois endereços

20/04/2017

Programa de incentivo a leitura é sucesso em Mauá

50 livros são retirados diariamente; programa será expandido para outros terminais da cidade

20/04/2017

Mauá tem 34 vagas nesta semana

Maioria dos postos exige Ensino Fundamental e é para cargos em Mauá

19/04/2017

Mauá debate o Plano de Mobilidade Urbana

Projeto orienta as políticas públicas que devem ser implementadas no setor pelos próximos anos

17/04/2017

Mauá oferece 21 vagas nesta semana

Maioria dos postos exige ensino médio e é para cargos na cidade

17/04/2017

Mauá abre pré-matrícula para curso de Imagem Pessoal

quem se cadastrou no site do via rápida e recebeu telegrama poderá fazer aulas de cabeleireiro, manicure, pedicure e maquiagem