11/04/2014

Prefeitura de Mauá convida empresas para estudar área de abastecimento de água na cidade
Ata publicada na sexta-feira, 11, no Diário Oficial faz chamamento público a interessados no setor

Evandro Oliveira/ PM

Objetivo é convidar empresas a apresentarem soluções

A Prefeitura de Mauá publicou na sexta-feira, 11 de abril, no Diário Oficial, o Chamamento Público para Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) com vistas à realização de estudo de viabilidade relativo à gestão, operação, manutenção e adequação do sistema de abastecimento de água na cidade.

“Temos procurado desenvolver políticas públicas para viabilizar a administração e o planejamento da cidade. Mauá tem receita limitada, e isso dá uma margem de investimento pequena para investir. É nesse sentido que desenvolvemos esse PMI”, informou o prefeito Donisete Braga, na tarde desta sexta-feira.

Aberto a quaisquer empresas que manifestem interesse em participar, o PMI tem por fim a estruturação de projetos para readequação do sistema de abastecimento de água de Mauá. O processo foi deflagrado a partir do momento em que a Odebrecht Ambiental, que atua no município na concessão do esgoto, solicitou autorização do Paço para apresentar estudo para o abastecimento de água da cidade, a partir do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB).  

O PMSB de Mauá, aprovado através da Lei nº 4.901, de 21 de novembro de 2013, fez um diagnóstico da cidade dividido em quatro capítulos: abastecimento de água, esgotamento sanitário, drenagem urbana e resíduos sólidos. Além de apontar a situação atual do sistema, o documento apresenta planejamento detalhado de investimentos para o setor. Esse edital publicado hoje diz respeito especificamente ao capítulo da água.

No PMSB foi diagnosticado que o sistema de abastecimento de Mauá tem infraestrutura inadequada para prestar o melhor serviço para a população, estrutura essa incapaz de enfrentar os desafios do futuro com o crescimento da cidade. O documento detalha um plano de investimento que prevê o aporte de R$ 135 milhões no setor, em um período de até 30 anos. Esse investimento contempla, além de serviços preliminares, administração local e gerenciamento de obras, quatro programas:

- Continuidade e melhoria do abastecimento;

- Controle operacional e planejamento a longo prazo;

- Universalização de atendimento;

- Gestão social e ambiental.

O objetivo do Procedimento de Manifestação de Interesse publicado hoje é convocar empresas a apresentarem soluções para cumprir esse plano na cidade. Os interessados terão 60 dias para realizar os estudos e entregar suas propostas para a administração. A partir daí, a Prefeitura fica livre para analisar esses projetos, decidindo a melhor maneira de utilizá-los. Os estudos podem virar termo de referência para a elaboração de um edital para serviços do setor, que podem ser explorados via Concessão ou Parceria Público-Privada (PPP).

“Hoje damos mais um passo para concretizar o Plano de Saneamento que publicamos no ano passado. A cidade tem uma estrutura de abastecimento de água que precisa ser readequada, e a PPP permite antecipar os investimentos na área. É melhor forma de garantir a modernização do sistema sem o município perder a autonomia da gestão”, comenta José Afonso Pereira, secretário de Planejamento da cidade.

Paulo Sérgio Pereira, superintendente da SAMA (Saneamento Básico do Município de Mauá), elogiou a iniciativa. “Esse PMI chega em momento oportuno. A autarquia tem um déficit de investimento, e desenvolver parcerias com a iniciativa privada é a melhor forma de alavancar recursos”, disse ele.

Para realizar seus estudos, as empresas que atenderem ao PMI terão acesso ao Plano Municipal de Saneamento Básico, e poderão, eventualmente, solicitar informações complementares à Administração.

O processo de chamamento para o PMI é um procedimento com amparo legal e não implica em nenhum custo para o município. “Esse processo mostra o compromisso que temos em pensar a cidade para o futuro. Estamos em busca de soluções para garantir a melhoria dos serviços públicos a longo prazo”, finalizou Edílson de Paula, secretário de Governo. 

Prefeitura de Mauá também busca recursos do PAC Saneamento 

O Plano Municipal de Saneamento Básico de Mauá, publicado pela prefeitura através da Lei nº 4.901, de 21 de novembro de 2013, e aprovado pela Câmara Municipal, é condição básica para que a Prefeitura possa receber aporte de R$ 23 milhões do Governo Federal, verba do Programa de Aceleração de Crescimento (PAC) do Saneamento.

Os investimentos se destinam a obras de ampliação do sistema de abastecimento de água, implementação de reservatórios, adutoras, subcondutores e estações elevatórias. Ainda está prevista a ampliação dos reservatórios Mauá, Magini e Zaíra.

A SAMA (Saneamento Básico do Município de Mauá), autarquia que administra o setor na cidade, está em fase de providenciar os documentos para se habilitar a receber essa verba.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Mauá
Secretaria de Comunicação Social
12/04/2014 11:25


Outras Notícias

14/11/2018

Museu Barão de Mauá terá atração internacional em lançamento de novos projetos

A partir de 30 de novembro, música, literatura e exposições serão o foco da Casa Bandeirista

14/11/2018

Mauá apresenta atrações culturais no feriadão de seis dias

Entretenimentos ocorrem durante os feriados da Proclamação da República e Dia da Consciência Negra

12/11/2018

Parque da Juventude de Mauá é revitalizado e possui novas instalações

Reabertura foi realizada neste domingo (11/11), com a presença de milhares de munícipes

09/11/2018

CPTR de Mauá oferece 50 vagas de emprego

Maior parte das vagas está disponível para quem completou o Ensino Fundamental, com oportunidades no ABC e Capital

08/11/2018

Prefeitura retoma o Expresso Mauá e lança sexta linha

Novo itinerário liga região central aos bairros Jardim Sônia e Sílvia Maria com viagem de até 25 minutos

08/11/2018

Prefeitura de Mauá inaugura leitos, novos espaços e revitalizações no Hospital Nardini

As ações fazem parte de uma série de inaugurações em comemoração ao aniversário de Mauá

08/11/2018

Mauá inicia ensino integral na Escola Alice Túlio Jacomussi

Unidade escolar passa a integrar 126 crianças das 7h às 17h, número que subirá para 228 no próximo ano letivo

07/11/2018

Mauá lança mais de 20 ações e inaugurações em comemoração ao aniversário da cidade

As iniciativas atenderão os segmentos de Transporte, Saúde, Educação, Cultura, entre outros

05/11/2018

Sebrae realiza palestras para fomentar empreendedorismo em Mauá

Palestras e oficinas serão oferecidas gratuitamente aos munícipes entre novembro e dezembro na Secretaria de Trabalho e Renda

01/11/2018

Mauá terá programação especial nos cemitérios ao Dia de Finados

Os espaços serão abertos das 6h às 18h, com realização de missas, e devem receber 5 mil pessoas,