Visite a Prefeitura no Instagram Visite o canal da Prefeitura no YouTube Visite a Prefeitura no Flickr Visite a Prefeitura no Facebook Siga a Prefeitura no Twitter

07/04/2014

Defesa Civil captura abelhas, marimbondos, cobras e até gambás
Criado em outubro do ano passado, serviço preventivo registrou 29 ocorrências do tipo

Roberto Mourão/ PM

Ação foi implantada em outubro de 2013

 

Engana-se quem imagina que a atuação da Defesa Civil de Mauá está relacionada exclusivamente a ações preventivas no período das chamadas Chuvas de Verão. Além de monitorar índices pluviométricos e tomar medidas planejadas a fim de evitar vítimas de deslizamentos, a coordenadoria se dedica a um serviço menos comentado e igualmente importante: captura de abelhas, marimbondos e animais peçonhentos como cobras, aranhas e escorpiões.

Em uma cidade do porte de Mauá, com seus 450 mil habitantes, a incidência destes insetos e animais potencialmente danosos aos seres humanos enseja cuidados específicos por parte do poder público. Tanto que a Defesa Civil atendeu 29 ocorrências deste tipo desde outubro de 2013, quando o serviço foi oficialmente criado.

As informações são de Sérgio Moraes, coordenador da Defesa Civil de Mauá. Moraes conta que o serviço foi criado após a participação de 16 agentes em curso de qualificação que teve a participação do Instituto Butantã.

Ele comenta que a retirada de colmeias de abelhas e casas de marimbondos requer rigor de planejamento análogo ao das táticas de guerra: agentes precisam utilizar roupas de tecido grosso que lembram astronautas, as operações muitas vezes são realizadas durante a noite, quando abelhas e marimbondos encontram-se menos agressivos, e é preciso isolar ruas próximas para evitar que cidadãos comuns sejam prejudicados.

Afinal, para pessoas que são alérgicas a abelhas, bastam algumas ferroadas para trazer complicações graves e até a morte, por reação anafilática. Os trabalhos de retirada de uma colmeia de abelhas ou casa de marimbondos podem se estender por horas.

“Em relação à captura de abelhas a estratégia é identificar e isolar a rainha como forma de dominar as demais”, explica Moraes.

Em uma operação que pode ser classificada como exótica, a Defesa Civil foi acionada para retirar uma família de gambás alojada na laje de uma casa localizada no Jardim Zaíra. “Eram uma fêmea e quatro filhotes. Depois da retirada, que foi feita com muito cuidado para não trazer danos aos próprios animais, os soltamos na mata, em área de mananciais”, cita Moraes.

Para qualquer ocorrência relacionada à captura de marimbondos, abelhas, animais peçonhentos e outros, basta discar 199. Moraes contextualiza a nova especialização ao fortalecimento da Defesa Civil desde 2012. A Defesa Civil foi transformada em coordenadoria, com status de secretaria, ligada ao Gabinete do Prefeito, passou a contar com 23 agentes, teve sede transferida para o Jardim Zaira, mais estruturada e próxima das áreas de risco, e passou a contar com 15 pluviômetros para antecipar a ocorrência de chuvas.    

 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Mauá
Secretaria de Comunicação Social
10/04/2014 11:21


Outras Notícias

17/10/2017

Campus de medicina em Mauá está com inscrições abertas para 2018

Curso terá 50 vagas e duas bolsas integrais para moradores da cidade

16/10/2017

Poupatempo Animal atende Jardim Esperança nesta semana

Van faz tratamentos de baixa-complexidade e local permite acesso também de moradores do Jardim Itapeva, Itapark e proximidades

16/10/2017

Mauá tem variedade de eventos na Semana Mundial da Alimentação

Palestras, oficinas e feiras promovem alimentação saudável e sustentável

16/10/2017

Poupatempo Animal atende Jardim Primavera nesta semana

Van faz tratamentos de baixa-complexidade e local permite acesso também de moradores do Jardim Anchieta, São Jorge do Guapituba e proximidades

09/10/2017

Mauá promove qualificação para famílias de baixa renda

Prefeitura promove treinamentos para que beneficiários de projetos sociais possam incrementar renda familiar

16/10/2017

Mauá abre 580 vagas para curso à distância

Cursos têm duração de cinco meses e garantem certificado dado pelo Ministério da Educação

06/10/2017

Mauá tem 34 vagas de emprego

Maioria dos postos é para profissionais com Ensino Fundamental e para trabalhar na cidade

16/10/2017

Mauá garante catraca livre para idosos, deficientes e doentes crônicos

Acompanhantes também ganham o benefício de poder usar o ônibus municipal quantas vezes precisarem no mesmo dia

16/10/2017

Mauá abre inscrições para Educação Infantil

Pais devem procurar unidade mais perto de casa; cadastro pode ser feito até o dia 31 de outubro

04/10/2017

Quartas Culturais traz homenagem ao Dia das Crianças

Shows na praça 22 de Novembro levam ao palco músicas e ritmos para agradar todos os gostos