Visite a Prefeitura no Instagram Visite o canal da Prefeitura no YouTube Visite a Prefeitura no Flickr Visite a Prefeitura no Facebook Siga a Prefeitura no Twitter

18/04/2013

Secretaria de Trabalho e Renda e Fatec irão elaborar o plano municipal de qualificação de Mauá
O estudo vai mapear as empresas para oferecer mão de obra qualificada de acordo com o perfil do município

Divulgação

Metodologia para elaborar o Plano Municipal de Qualificação será debatida em nova reunião

As equipes da Secretaria de Trabalho e Renda e da Fatec se reuniram na última para planejar ações conjuntas com objetivo de ampliar a captação de vagas de emprego e melhorar a qualificação dos trabalhadores de Mauá. O principal item da pauta foi a elaboração de um plano municipal de qualificação, que deverá diagnosticar quais setores necessitam de mão de obra qualificada.

O secretário de Trabalho e Renda, Marcelo Lucas Pereira, lembrou que há ferramentas como a Relação Anual de Informações Sociais (Rais) e o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), que auxiliam na identificação de algumas demandas, mas o município não dispõe ainda de um mapeamento de empresas que leve em conta as necessidades de qualificação da mão de obra.

“Nós fazemos análises da Rais e Caged, mas não temos como analisar todas as ocupações disponibilizadas na cidade, então há a necessidade de se fazer um mapeamento de empresas para um diagnóstico da demanda atual e futura na área da qualificação da mão de obra. Temos que pensar em ações de curto e médio prazo”, afirmou Marcelo.

A professora doutora Telma Aparecida Mafra, diretora da Fatec Mauá, colocou a instituição a disposição para colaborar com o estudo e elaborar novos cursos. “A Fatec Mauá pode colaborar muito, isso vai levar o profissional a se capacitar cada vez mais, seja em nível técnico ou tecnológico”, disse, “Precisamos verificar a real demanda para planejar novos cursos de qualificação e oferecê-los por meio da Fatec”, completou.

O secretário afirmou que o estudo deve considerar as ocupações que realmente demandam de aprimoramento. “Queremos formar um sistema municipal de qualificação e propor qualificação às ocupações intermediárias entre o que o trabalhador quer e o que as empresas precisam”, defendeu.

As equipes da Secretaria de Trabalho e Renda e Fatec se reunirão novamente nos próximos dias para debater a metodologia que será adotada para elaborar o Plano Municipal de Qualificação.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Mauá
Secretaria de Comunicação Social
18/04/2013 17:29


Outras Notícias

21/07/2017

Prefeitura de Mauá prorroga Fique em Dia até 25 agosto

Prazo de programa de renegociação de dívidas foi renovado atendendo pedido da população

21/07/2017

Mauá tem 102 vagas nesta semana

Maioria dos postos exige ensino médio e é para cargos em Mauá

21/07/2017

Museu de Mauá traz exposição de escultura

Mostra que será apresentada pela primeira vez na região traz obras de renomados artistas nacionais e também locais

20/07/2017

Prefeitura amplia programa de atendimento a moradores de rua

Operação Inverno proporciona banho quente, alimentação e local seguro e quente para dormir

18/07/2017

Pintou Limpeza recupera mais de 30 bairros em Mauá

Programa leva serviços de revitalização com tapa buraco e sinalização que vai passar por toda a cidade

18/07/2017

Mauá fecha mais de 5.000 acordos pelo Fique em Dia

Programa que dá descontos de até 100% em juros e multas em dívidas com a Prefeitura termina na próxima sexta-feira

17/07/2017

Mauá abre vagas de qualificação em quatro cursos

Há vagas para cursos de corte e penteado, informática, projetos e refrigeração; todos gratuitos e com curta duração

14/07/2017

Mauá instala iluminação por LED na Avenida João Ramalho

Prefeitura investe em troca de lâmpadas para aumentar sensação de segurança e garantir diminuição nas contas municipais

14/07/2017

Mauá tem 95 vagas nesta semana

Maioria dos postos exige ensino médio e é para cargos em Mauá

13/07/2017

Prefeitura lança Expresso Mauá no Jardim Hélida

Quarta linha expressa lançada neste ano garante economia de 20 minutos para passageiros