10/11/2011

Mauá terá mil vagas de cursos profissionalizantes para jovens
Aulas gratuitas com carga de 350 horas terão alimentação e ajuda de custo para jovens sem Ensino Superior

A Prefeitura de Mauá, por meio da Secretaria de Trabalho e Renda, vai abrir mil vagas de cursos profissionalizantes no próximo ano. A iniciativa provém do convênio da Prefeitura com o Ministério do Trabalho que, a partir do programa Projovem Trabalhador – Juventude Cidadã, abre a possibilidade de os municípios capacitarem sua população entre 18 e 29 anos para promover acesso ao mercado de trabalho e ao primeiro emprego.

Os cursos serão voltados a jovens desempregados que não tenham ingressado na universidade. Eles terão aulas de qualificação profissional e social, que envolvem, além dos conhecimentos técnicos da área que escolherem, noções de direito trabalhista, ética, educação ambiental e inclusão digital. Terão também ajuda de custo de cerca de R$ 100 por mês – vinculada à frequência nas aulas – e alimentação, VT, material didático, seguro de vida, camisetas, mochila, caderno e estojo com lápis, caneta e borracha.

O programa Projovem abre um grande leque de possibilidades, que vão desde Administração (recepcionista, assistente administrativo) até Saúde (cuidador de idoso), passando por Arte e Cultura (DJ, Assistente de Figurino) e Esporte e Lazer (Recreador, Animador de Eventos).

A meta é de que, ao final do curso, pelo menos 30% dos estudantes sejam inseridos no mercado formal de trabalho, por via de emprego ou por meio de empreendimentos próprios. A carga é de 350 horas, distribuída ao longo de um semestre. Pelo menos 10% das vagas serão destinadas a pessoas com deficiência.

Para participar do programa o interessado, além de comprovar os requisitos ligados à idade e escolaridade, deverá ser munícipe de Mauá e ter renda per capita máxima de um salário mínimo.

Treinamento – Nos dias 22 a 24 deste mês, uma diretora e um coordenador da Secretaria de Trabalho e Renda de Mauá vão a Brasília participar de um treinamento para a implementação dos cursos. Eles receberão orientações sobre legislação e aspectos pedagógicos e vão travar contato com casos de sucesso de cidades que já implementaram iniciativas semelhantes.

Segundo o Secretário de Trabalho e Renda, Edilson de Paula, a implementação do Projovem em Mauá é um avanço na política de primeiro emprego e de qualificação profissional na cidade. “Nunca tivemos um serviço desta qualidade, e nosso objetivo é de que ele, com o tempo, passe a ser uma realidade efetiva em Mauá.”
 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Mauá
Secretaria de Comunicação Social
10/11/2011 19:06


Outras Notícias

27/03/2017

Feira de adoção animal é sucesso em Mauá

Ação garantiu um novo lar para 17 cães e gatos

24/03/2017

Mauá retoma atendimento da CPTR Móvel

Emissão de Carteira de Trabalho e intermediação de mão de obra serão oferecidos pela equipe da van

24/03/2017

Centro público de emprego oferece 11 vagas nesta semana

Maioria dos postos exige ensino fundamental e são para cargos em Mauá

15/03/2017

Residência Médica de Mauá em Psiquiatria é destaque em São Paulo

Complexidade dos casos atendidos e estímulo à pesquisa científica estão entre diferenciais

15/03/2017

Prefeitura inaugura UPA Zaíra com o 1º Pronto Atendimento Infantil de Mauá

Evento será neste domingo (19); Unidade terá também farmácia 24 horas

17/03/2017

Prefeitura prorroga vencimento do IPTU

Primeira parcela pode ser paga com desconto nas agências da Caixa até o dia 30

14/03/2017

Prefeitura de Mauá garante castração para cães e gatos

Parceria com clínica veterinária do Parque São Vicente garante atendimento para 250 animais carentes

14/03/2017

Prefeitura entrega documento de posse à moradores do Oratório

Neste sábado, mais de 100 famílias serão beneficiadas; programa deve atender 800 famílias

14/03/2017

Prefeitura celebra Semana da Mulher com série de atividades

População tem programação com serviços de beleza, saúde e empreendedorismo

14/03/2017

Expresso Mauá começa a rodar pela cidade

Três linhas atenderão moradores e reduzirão em até 30 minutos tempo de viagem