Visite a Prefeitura no Instagram Visite o canal da Prefeitura no YouTube Visite a Prefeitura no Flickr Visite a Prefeitura no Facebook Siga a Prefeitura no Twitter

1. ONDE ENCAMINHAR RECLAMAÇÕES, CRÍTICAS E SUGESTÕES REFERENTES AOS SERVIÇOS DE SAÚDE?

Através da Ouvidoria da Saúde, telefone 0800 760 9000, e-mail: ouvidoriasaude@maua.sp.gov.br



MEDICAMENTOS


1. POSSO RETIRAR MEDICAMENTOS COM RECEITA DE CONVÊNIO OU PARTICULAR?

Sim. Todas as farmácias das Unidades Básicas de Saúde dispensam medicamentos com prescrição médica de convênio e/ou particulares.


2. QUAIS DOCUMENTOS SÃO NECESSÁRIOS PARA RETIRAR MEDICAMENTOS NAS FARMÁCIAS DAS UNIDADES DE SAÚDE?

Cartão SUS OU Cartão da unidade de saúde, documento oficial com foto e prescrição médica.


3. MORADORES DE OUTROS MUNICÍPIOS PODEM RETIRAR MEDICAMENTOS NAS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE DE MAUÁ?

Não. Cada município é responsável pelo atendimento de seus moradores, pois os recursos financeiros recebidos para aquisição de medicamentos são calculados e repassados através da quantidade de habitantes de cada município.


4. A PARTIR DE QUE IDADE É PERMITIDO RETIRAR MEDICAMENTOS NAS UNIDADES DE SAÚDE DO MUNICÍPIO?

A partir de 12 anos de idade, exceto medicamentos controlados, em que a idade mínima é de 18 anos.


5. QUAIS DOCUMENTOS SÃO NECESSÁRIOS PARA ADQUIRIR MEDICAMENTOS NO PROGRAMA FARMÁCIA POPULAR DO BRASIL COM ATÉ 90% DE DESCONTO?

Prescrição médica dentro do prazo de validade (6 meses para medicamentos de uso contínuo, 30 dias para medicamentos controlados e 10 dias para antibióticos).


6. QUAIS MEDICAMENTOS SÃO DISPENSADOS GRATUITAMENTE ATRAVÉS DO PROGRAMA FARMÁCIA POPULAR DO BRASIL. E QUAIS DOCUMENTOS SÃO NECESSÁRIOS?

Os medicamentos para hipertensão, diabetes e asma são dispensados gratuitamente, basta que o cidadão apresente documento de identidade com foto, CPF e receita médica dentro do prazo de validade (4 meses). Pessoas com mais de 60 anos ou com dificuldades de locomoção ficam dispensados da presença física nas farmácias para a retirada do medicamento. Pela Portaria 184/2011, que dispõe sobre as normas operacionais do programa, um representante legal do paciente ? parente ou amigo ? pode realizar toda a transação. Basta que ele apresente na farmácia a receita médica atualizada, documentos de identificação do paciente beneficiário e do próprio representante, além de uma procuração simples que autorize a retirada, com firma reconhecida. A procuração pode ser escrita de próprio punho. A única despesa para o beneficiário é o reconhecimento de firma, que custa em média, R$ 5 ? conforme cada cartório.



VIGILÂNCIA E PROTEÇÃO À SAÚDE ? VACINAÇÃO


1. PRECISO TOMAR VACINA E ESTÁ EM FALTA, POR QUÊ?

Infelizmente, não é um problema que pertence à Imunização de Mauá, já houve falta de BCG, Dupla Adulto (Difteria e Tétano ou Antitetânica, como é conhecida), Tetraviral (Sarampo, Caxumba, Rubéola e Varicela). Podem ser variados os motivos que levam a falta de vacina nos municípios. Por exemplo: dificuldades relacionadas ao Laboratório que fabrica as vacinas, reforma do Instituto Butantã, falta no nível Central, ou seja, desabastecimento pela esfera federal. Mas a Vigilância Epidemiológica está disponível para qualquer dúvida ou esclarecimento, assim como procuramos informar e atualizar as unidades de saúde e rede municipal.


2. TENHO RECEITA DE VACINA HPV, POSSO TOMAR NO POSTO?

A vacina contra HPV quadrivalente recombinante protege contra os tipos virais oncogênicos mais comuns que são: HPV 16 e 18, responsáveis por cerca de 70% dos casos de câncer do colo do útero, e HPV 6 e 11 que estão associados até 90% das lesões e verrugas anogenitais. Está disponível na rede pública desde março de 2014, para as meninas de 11 a 13 anos de idade. A partir de 2015, a vacina também será oferecida para as adolescentes entre 9 e 11 anos de idade. O Ministério da Saúde adotou o esquema vacinal estendido, composto por três doses (0, 6 e 60 meses). Conforme registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), essas vacinas possuem indicações para faixas etárias distintas. A vacina quadrivalente tem indicação para mulheres e homens entre 9 e 26 anos de idade, e a vacina bivalente tem indicação para mulheres a partir de 9 anos, sem restrição de idade e que estão disponíveis no serviço privado, sendo utilizado esquema diferente e idades diferentes adotados pelo Ministério da Saúde.


3. ONDE POSSO TOMAR A VACINA PARA FEBRE AMARELA? VOU VIAJAR E PRECISO TOMAR.

A febre amarela é um dos maiores problemas de saúde pública, pela sua gravidade e pela sua influência na política e na econômica de um país.  Pode ser administrada a partir dos 9 meses de idade residindo e/ou viajando para áreas endêmicas.  Deve ser administrada preferencialmente no mínimo com 15 dias de antecedência da data de deslocamento (viagem) para municípios considerados de área endêmicas ou de transição que são próximas as cidades onde há circulação do vírus da febre amarela. É possível verificar a Lista de municípios nomeados que se faz necessária a vacinação contra Febre Amarela: http://www.cve.saude.sp.gov.br/htm/zoo/FA_INFORME.htm; ou nas unidades de saúde para mais informações. A vacinação pode ser realizada em uma das cinco unidades básicas de saúde abaixo:
UBS Vila Assis ? toda sexta-feira das 8h00 às 16h00
UBS Magini ? toda segunda-feira das 8h00 às 16h00
UBS Zaíra II ? toda quinta-feira das 8h00 às 16h00
UBS Flórida ? toda terça-feira das 8h00 às 16h00
UBS São João ? toda quarta e quinta-feira das 8h00 às 16h00



SUA SAÚDE ? EXAMES E TRATAMENTOS


1. ESTOU AGUARDANDO UM AGENDAMENTO PARA CONSULTA/EXAME ESPECIALISTA, ONDE BUSCAR ESTA INFORMAÇÃO?

Procurar a Unidade Básica de Saúde que realizou o encaminhamento da guia, para obter esta informação.


2. ESTOU COM TOSSE HÁ 03 SEMANAS. O QUE DEVO FAZER?

Tosse há 03 semanas ou mais pode ser tuberculose. Procure a UBS mais próxima de sua residência, para a coleta do exame de escarro. Quanto mais cedo descobrir a doença, maiores as chances de cura.


3. COMO REALIZAR O EXAME DE MAMOGRAFIA?

A detecção precoce do câncer de mama é realizada através do exame de mamografia que deve fazer parte da rotina de vida de toda mulher. A cada 2 anos, no mês de aniversário, mulheres entre 50 a 69 anos podem procurar a Unidade de Saúde (UBS) mais próxima de sua residência para o agendamento do exame de mamografia SEM A NECESSIDADE DE CONSULTA OU PEDIDO MÉDICO. Como a necessidade de realizar o exame é bienal, as mulheres nascidas em anos pares deverão fazer o exame em anos pares e as nascidas em anos ímpares, da mesma forma, deverão realizar em anos ímpares. As mulheres em outras faixas etárias poderão realizar a mamografia conforme solicitação médica.


4. ONDE REALIZAR EXAMES DE HIV, SÍFILIS E HEPATITE B E C?

Nas Unidades Básicas de Saúde e no Centro de Referência em Saúde, na rua: Dr. Benedito Meirelles Freire, 193- Vila Vitória ? Mauá (ao lado do ginásio de esportes) telefones: 4514-1692 / 4514-4466. O teste é um direito seu, é gratuito e sigiloso.


5. O QUE SÃO TESTES RÁPIDOS?

São testes para HIV, Sífilis, Hepatites B e C, realizados com apenas algumas gotas de sangue, cujos resultados saem em 1 hora. O teste rápido do HIV é diagnóstico e indica se você tem ou não o HIV, o vírus da AIDS. Os testes rápidos de sífilis e hepatite B e C são testes de triagem. Quando reagentes ou positivos necessitam de confirmação laboratorial para diagnóstico. Para fazer o teste, é necessário ter no mínimo 12 anos completos, apresentar documento de identificação com foto para receber o laudo de resultados dos exames por escrito. Caso a pessoa não queira se identificar, é possível realizar o teste para conhecimento, sem a liberação de laudo de resultado. Não é necessário jejum, nem encaminhamento ou pedido médico para realização dos testes.


6. TIVE UMA RELAÇÃO SEXUAL DESPROTEGIDA E ESTOU COM MEDO DE PEGAR O HIV. O QUE POSSO FAZER?

Para estes casos, existe a PEP (profilaxia pós exposição) sexual. É uma medida de prevenção que consiste no uso de medicamentos mediante a avaliação médica até 72 horas após a relação sexual, para reduzir o risco de transmissão do HIV (vírus da aids), quando ocorrer falha ou não uso da camisinha. Procure o Centro de Referência em Saúde para maiores informações.


7. MEU EXAME DE HIV/HEPATITE DEU POSITIVO. ONDE POSSO REALIZAR O TRATAMENTO?

No Centro de Referência em Saúde, na rua: Dr. Benedito Meirelles Freire, 193- Vila Vitória ? Mauá (ao lado do ginásio de esportes) telefones: 4514-1692 / 4514-4466.



SAÚDE BUCAL E TRATAMENTO ODONTOLÓGICO


1. POR QUE O DENTISTA DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE NÃO FAZ TRATAMENTO DE CANAL?

O tratamento de canal deve ser feito por um dentista especialista em canal, na UBS o dentista é clínico geral, então ele encaminha para o especialista que trabalha no CEO (Centro de Especialidades Odontológicas)


2. COMO FAÇO PARA REALIZAR UM TRATAMENTO ODONTOLÓGICO?

O tratamento odontológico é conseguido na unidade de saúde, você passará por uma avaliação odontológica agendada, que avaliará o tipo de tratamento que você necessita. Em caso de urgências você poderá passar pelo atendimento em qualquer horário de funcionamento da UBS.


3. COMO FAÇO PARA CONSEGUIR UMA PRÓTESE?

O tratamento para a colocação de uma prótese começa na UBS, depois de realizado o tratamento clínico básico como: restaurações, extrações, limpeza e até mesmo tratamentos com os especialistas como canal, raspagem e cirurgias. A boca deverá estar em condições de saúde, pois a prótese irá repor os dentes perdidos, de maneira que devolva a estética e capacidade de mastigação adequada. Assim, você será encaminhado para a prótese, que irá iniciar as consultas necessárias.


4. SOU ADULTO E ?MEUS DENTES ESTÃO AMOLECENDO?, O QUE PODE SER?

Normalmente o amolecimento dos dentes está relacionado com o que chamamos de doença periodontal, ou seja, uma infecção que ocorre ao redor dos dentes atingindo a gengiva e o osso que suporta o dente. Então com essa infecção instalada, a gengiva e o osso ficam prejudicados e não sustentam o dente; o dente fica mole e dependendo da gravidade da doença, as pessoas podem perder os dentes. A causa dessa infecção é a placa bacteriana: uma má escovação permite resíduos de alimentos e bactérias ao redor dos dentes que desenvolverá esse tipo de doença.


5. QUANTAS VEZES DEVO ESCOVAR OS DENTES POR DIA?

No mínimo três escovações por dia, depois das principais refeições: café-da-manhã, almoço e jantar. O ideal é escovar os dentes sempre depois que comer algum alimento, principalmente os açucarados e pegajosos.



TRATAMENTO PSICOLÓGICO


1. COMO FAÇO PARA FAZER ACOMPANHAMENTO PSICOLÓGICO EM UMA UBS?

Para responder esta pergunta, primeiro é necessário saber se o munícipe já tem encaminhamento de algum médico para o Psicólogo. Em caso positivo, o usuário deve comparecer à recepção da UBS com a guia. A recepção colherá os dados e levará para a equipe de psicólogos que farão o agendamento para um grupo de ingresso. Caso não possua um encaminhamento, o processo é similar. Deve ir à recepção da UBS, procurar o serviço de acolhimento que é realizado por um enfermeiro e este levará o caso para a equipe de saúde da família que fará o agendamento, se necessário.


2. MEU REMÉDIO ESTÁ ACABANDO E PRECISO RENOVAR A RECEITA. O QUE FAÇO?

É importante sempre verificar o prazo de validade das receitas e o retorno com seu médico (individual ou em grupo) para evitar de ficar sem a medicação. Caso esta esteja acabando procurar o ?Acolhimento? das UBS com a receita antiga.



PROGRAMA MAUÁ DE BEM COM A VIDA


1. O QUE É O PROGRAMA MAUÁ DE BEM COM A VIDA?

O programa é uma ação de promoção e prevenção da saúde realizado nas UBS, nos dois polos de Academia da Saúde, Kennedy e Oratório e nos CAPS, através da prática de atividade física visa proporcionar uma melhor qualidade de vida e bem estar para a população, trabalhando também a questão do convívio social, levando até os participantes do programa uma nova forma do olhar para saúde.


2. QUAIS ATIVIDADES SÃO OFERECIDAS PELO PROGRAMA MAUÁ DE BEM COM A VIDA E COMO FAÇO PARA FAZER PARTE DO PROGRAMA?

As atividades oferecidas são: Caminhada, Ginástica Livre, Ginástica com Material, Ginástica Laboral, Dança, Arteterapia, Dança Circular, Lian Gong e Yoga. Para participar o munícipe deve procurar a UBS mais próxima de sua residência para saber quais atividades são oferecidas na unidade, dia e horário, escolhendo a atividade o mesmo é encaminhado para o grupo, o profissional responsável realizara o cadastro e uma avaliação, caso necessário esta avaliação é compartilhada com outros profissionais da unidade. Todas as atividades são ministradas por profissionais formados e qualificados.



URGÊNCIAS E EMERGÊNCIAS - SAMU


1. O QUE É O SAMU?

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU/192) é um serviço que tem como finalidade prestar o socorro à população em casos de emergência, realizando o atendimento de urgência e emergência em qualquer lugar: residências, locais de trabalho e vias públicas.


2. COMO POSSO CHAMAR O SAMU?

O SAMU é acionado somente pelo número 192.


3. QUEM ATENDE O 192?

O atendimento imediato é feito por um tele-atendente que precisa de algumas informações sobre a situação do paciente para encaminhar a ligação para o médico.


4. QUE INFORMAÇÕES PRECISAM SER FORNECIDAS NESSE ATENDIMENTO IMEDIATO?

Manter a calma é muito importante. Se estiver muito nervoso, peça para outra pessoa fazer a ligação e passar informações como: a idade do paciente; seu estado (se está inconsciente); se tem dificuldade para respirar; se há sangramento; se há dor etc. Enfim, todas as informações que possam ajudar a identificar o estado do paciente.


5. PARA ONDE O SAMU LEVA O PACIENTE OU VÍTIMA DE ACIDENTE?

Geralmente a ambulância seguirá para a UPA mais próxima porque se trata de uma urgência. Mas, é importante saber que no caso de necessidade a ambulância pode ser orientada pela Central de Regulação a dirigir-se a outro local, acordo com a complexidade do caso.



UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE ? UBS E CARTÃO SUS


1. AS UBS ATENDEM APENAS CONSULTAS AGENDADAS?

Não, as UBS atendem em geral consultas agendadas, mas se o munícipe tiver algum problema como febre, dor de dente, dor de garganta, etc, pode procurar as UBS. Existe um serviço de acolhimento que funciona todo o período de funcionamento das UBS, Informe-se na recepção ou com o enfermeiro.


2. COMO FAÇO PARA AGENDAR UMA CONSULTA EM UMA UBS?

A maioria das UBS dispõe de médicos generalistas que atendem clínica médica ginecologia/obstetrícia e ou pediatria ou médicos especialistas. O munícipe deve ir à recepção e solicitar um agendamento com seu médico durante o período de funcionamento das UBS.


3. QUAL O HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DA SALA DE VACINA?

Durante todo o horário de funcionamento das UBS.


4. QUAL O HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DA FARMÁCIA?

Durante todo o horário de funcionamento das UBS.


5. COMO FAÇO PARA FAZER MEU CARTÃO SUS?

O munícipe deve procurar o setor administrativo das UBS, durante todo o horário de funcionamento das UBS. A confecção do cartão depende do funcionamento da internet e algumas vezes, é necessário aguardar a conectividade. O usuário pode deixar os dados e voltar para buscar o cartão depois.



UNIDADES DE PRONTO ATENDIMENTO - UPA


1. O QUE É A UPA 24H?

As UPAs são estabelecimentos de saúde de complexidade intermediária que prestam atendimento aos pacientes acometidos por quadros agudos ou agudizados de natureza clínica, e prestam o primeiro atendimento aos casos de natureza cirúrgica e de trauma, estabilizando os pacientes e realizando a investigação diagnóstica inicial, de modo a definir, em todos os casos, a necessidade ou não de encaminhamento a serviços hospitalares de maior complexidade.


2. QUAL O HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DA UPA?

A UPA funciona 24hs por dia nos 7 dias da semana.


3. QUAIS ESPECIALIDADES SÃO ATENDIDAS NA UPA?

Clínica médica e pediatria.


4. ONDE ESTÃO LOCALIZADAS AS UPAS EM MAUÁ??

UPA Zaíra-Av.Washington Luiz,1952- Jd Zaíra-Tel:4518-4533
UPA Vila Magini- Av.Washington Luiz,3890 ?Vila Magini-Tel:4518-1988
UPA Vila Assis-Av.D.José Gaspar,2129-Vila Assis-Tel:4513-1613
UPA Barão de Mauá-Av. Barão de Mauá,3567-São João-Tel:4578-2976



TRANSPORTE SANITÁRIO E ISENÇÃO TARIFÁRIA


1. QUEM TEM DIREITO A ISENÇÃO TARIFÁRIA?

Os usuários portadores de deficiência física, mental, visual ou auditiva, que se enquadrem nos critérios estabelecidos na Legislação e Normas Reguladoras vigentes de cada empresa de transporte.


2. COMO FAÇO PARA TER A CARTEIRINHA DA ISENÇÃO TARIFÁRIA?

O usuário deve comparecer ao Setor de Isenção Tarifária, situado à Rua Santa Helena, nº 130 ? Centro, com relatório médico constando a descrição da patologia e CID, e receberá as orientações necessárias.


3. COMO FUNCIONA O PASSE LIVRE, ONDE TIRAR AS DÚVIDAS?

Passe Livre é um benefício criado pelo Governo Federal, as informações estão disponíveis no site Passe Livre é um benefício criado pelo Governo Federal, as informações estão disponíveis no site www.transportes.gov.br.


4. COMO BUSCAR TRANSPORTE PARA UM PACIENTE ACAMADO E QUE NECESSITA DE TRATAMENTO EM UM ESTABELECIMENTO DE SAÚDE COM DATA PREVIAMENTE AGENDADA?

Pacientes acamados que necessitem de transporte para consultas/exames deverão procurar o Setor de Transporte, situado na Avenida da Saudade, nº. 396 ? Via Vitória ou a Unidade de Saúde mais próxima, para receber as orientações.



VIGILÂNCIA E PROTEÇÃO À SAÚDE ? SAÚDE DO TRABALHADOR


1. O QUE O CENTRO DE REFERÊNCIA SAÚDE DO TRABALHADOR (CEREST) FAZ?

Ações de vigilância nos locais de trabalho com objetivo de tornar o ambiente mais seguro, palestras, estabelecimento de nexo causal, produção de informações referentes aos acidentes de trabalho.


2. QUEM O CENTRO DE REFERÊNCIA SAÚDE DO TRABALHADOR (CEREST) PODE ATENDER?

A população trabalhadora com carteira assinada ou não, exposta aos riscos existentes nas atividades do trabalho que necessitam de orientação e/ou assistência à sua saúde.


3. O CENTRO DE REFERÊNCIA SAÚDE DO TRABALHADOR (CEREST) CONCEDE BENEFÍCIOS DO INSS OU REALIZA PERÍCIAS PARA O INSS?

Não.


4. QUAIS MUNICÍPIOS O CENTRO DE REFERÊNCIA SAÚDE DO TRABALHADOR (CEREST) ATENDE?

Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra.


5. O CENTRO DE REFERÊNCIA SAÚDE DO TRABALHADOR (CEREST) FAZ EMISSÃO DE CAT (COMUNICAÇÃO DE ACIDENTE DE TRABALHO)?

Sim, mediante estabelecimento de nexo causal.


6. NA FALTA DO MÉDICO, QUAL OUTRO PROFISSIONAL PODE ASSINAR A CAT (COMUNICAÇÃO DE ACIDENTE DE TRABALHO)?

Nenhum outro profissional pode assinar a CAT.



VIGILÂNCIA E PROTEÇÃO À SAÚDE ? SAÚDE AMBIENTAL


1. O QUE FAZER COM O VAZAMENTO DE ESGOTO DO VIZINHO?

Entrar em contato, nesta ordem, com:
- Odebrecht Ambiental (Concessionária de Esgoto de Mauá)Fone: 0800-771-001
4547-6170
Serviço Online
- Arsae (Agencia Reguladora dos Serviços de Água e Esgoto)
Fone: 0800-770-9195
www.arsae.maua.sp.gov.br
- Prefeitura Municipal de Mauá
Fone: 156


2. ONDE DESCARTAR PRODUTOS ELETRÔNICOS, PILHAS, BATERIAS E ETC.?

Procedimentos a serem adotados:
- Entregar os produtos para descartes nas unidades retentoras do fabricante
- Pontos de coleta voluntário do comércio
- Descartar os produtos no Eco ponto Parque São Vicente (Prefeitura), sob viaduto; e Av. Papa João XXIII S/N (Ao lado do Corpo de Bombeiros).


3. O QUE A PREFEITURA MUNICIPAL DE MAUÁ FAZ PARA REALIZAR O CONTROLE DA QUALIDADE DA ÁGUA DE ABASTECIMENTO?

A Vigilância Ambiental cobre 100% do território do município com coletas de água, da rede pública (SAMA) e de soluções alternativas (Poços Artesianos), as amostras são enviadas ao Instituto Adolfo Lutz onde são realizadas as análises para atestar a potabilidade da água.



VIGILÂNCIA E PROTEÇÃO À SAÚDE ? CONTROLE DE ZOONOSES


1. MINHA CASA ESTÁ INFESTADA DE POMBOS, O QUE FAZER?

Esses animais não podem ser exterminados e/ou capturados, o DEPARTAMENTO DE CONTROLE DE ZOONOSES (DCZ) orienta o controle através da instalação de barreiras físicas que impeçam o seu empoleiramento e a suspensão da oferta de alimento (sobras da alimentação humana ou de animais).

2. O QUE FAZER QUANDO ENCONTRAR RATOS EM CASA?

O Departamento de Controle de Zoonoses não executa desratização em imóveis particulares. Todavia orientamos o controle da remoção de materiais inservíveis do ambiente, destinação correta do lixo doméstico, evitar o desperdício de alimento dos animais domésticos, limpeza e capinação das áreas infestadas, e também o controle através da aplicação de iscas raticidas que são comercializadas em casa de produtos agropecuários e rações. O DEPARTAMENTO DE CONTROLE DE ZOONOSES (DCZ) executa o serviço de desratização apenas em áreas públicas.


3. O QUE FAZER QUANDO MEU IMÓVEL ESTIVER INFESTADO POR BARATAS?

Baratas são animais que se alimentam de matéria orgânica e se abrigam em frestas, móveis e em meio a materiais inservíveis, além de caixas de esgoto. Desta forma orientamos o controle através da intervenção nestes ambientes realizando limpezas periódicas e remoção de materiais em desuso. O uso de inseticidas domésticos também pode ser adotado como forma de controle.


4. O QUE FAZER QUANDO ENCONTRAR COBRAS, ARANHAS E ESCORPIÕES NA MINHA CASA?

Manter pessoas e animais afastados e, caso sinta segurança, capture-os e encaminhe-os para o DEPARTAMENTO DE CONTROLE DE ZOONOSES (DCZ). Caso contrário, solicitar o recolhimento junto ao Departamento de Controle de Zoonoses. Os animais recolhidos serão identificados e/ou encaminhados para o Instituto Butantã e o solicitante receberá informações sobre o controle e a prevenção de acidentes desses animais.


5. MINHA CASA ESTÁ INFESTADA DE CARRAPATOS. O QUE FAZER?

Colete e envie alguma amostra do animal para o DEPARTAMENTO DE CONTROLE DE ZOONOSES (DCZ) através da unidade de saúde mais próxima de sua casa. Observe se os animais domésticos estão infestados e, caso estejam, procure orientação de um veterinário. Após a identificação, o Departamento de Controle de Zoonoses orientará a melhor forma de controle, lembrando que um controle eficaz deve ser realizado no ambiente e nos animais infestados.


6. MEU VIZINHO TEM UMA CRIAÇÃO DE GALINHAS E ACREDITO QUE HAJA ALGO ERRADO. O QUE DEVO FAZER?

Solicite uma vistoria através do serviço de ouvidoria, 0800 760 9000. O DEPARTAMENTO DE CONTROLE DE ZOONOSES (DCZ) realiza vistoria para avaliação dos riscos de insalubridade e incômodo e indicará medidas que deverão ser tomadas e isso vale para todas as criações de animais.


7. O QUE FAZER QUANDO O MEU CÃO OU GATO MORRE NA MINHA RESIDÊNCIA?

Existe na Prefeitura um serviço de recolhimento de animais em óbito nas residências realizado pela Secretaria de Serviços Urbanos, que após a retirada providencia a destinação adequada do corpo do animal. Dessa forma, o DEPARTAMENTO DE CONTROLE DE ZOONOSES (DCZ) não recolhe os animais que morreram nas residências. Este serviço pode ser acionado pelos telefones 4547 4333/ 4518 7555 ? SSU -Secretaria de Serviços Urbanos.


8. NÃO POSSO MAIS FICAR COM MEU CÃO OU GATO DE ESTIMAÇÃO. O QUE DEVO FAZER?

Os animais são responsabilidade dos seus donos e, na impossibilidade de mantê-los, cabe aos mesmos a destinação adequada. Animais saudáveis podem ser doados por seus donos a outras pessoas que os desejem após divulgação em locais de grande circulação ou pela internet. O DEPARTAMENTO DE CONTROLE DE ZOONOSES (DCZ) não recolhe ou recebe animais não mais desejados pelos seus proprietários. O abandono de animais é crime previsto por lei, podendo acarretar detenção e/ou multa.


9. O QUE FAZER SE FOR MORDIDO POR UM CÃO OU GATO?

As mordeduras por cão devem ter atendimento médico e, todo cão mordedor deve ser observado por dez dias, pois isso influencia no tratamento da pessoa. Caso aconteça algum sintoma diferente ou mesmo morte do animal nesse período de dez dias, a unidade médica, o veterinário do animal e o DEPARTAMENTO DE CONTROLE DE ZOONOSES (DCZ) devem ser avisados imediatamente. Quando o animal mordedor for de rua, entrar em contato com o DEPARTAMENTO DE CONTROLE DE ZOONOSES (DCZ) pelos números 4543 ? 6197/4544 ? 1240/ 0800 77 29 441. Há necessidade da comprovação do atendimento médico para que seja feita a observação do animal pelo Departamento de Controle de Zoonoses.


10. O QUE FAZER QUANDO ENCONTRAR MORCEGOS NA MINHA RESIDÊNCIA?

Os morcegos normalmente não procuram contato com seres humanos. O que ocorre é que muitas vezes eles confundem partes das nossas casas com abrigos para suas colônias. Eles não podem ser exterminados, pois são protegidos por lei devido à sua importante contribuição para a natureza, já que controlam insetos e espalham semente s de várias espécies vegetais necessárias à manutenção da vida selvagem. O proprietário da residência pode providenciar o desalojamento de morcegos através de contratação de empresas controladoras de pragas ou pela orientação de um técnico do DEPARTAMENTO DE CONTROLE DE ZOONOSES (DCZ), que realiza vistorias nesses casos. Os morcegos podem estar caídos ao chão por alguma doença e, jamais devem ser tocados com as mãos desprotegidas pelo perigo de transmissão de doenças por contato, como a Raiva. O correto é procurar o Departamento de Zoonoses que recolhe em segurança apenas os morcegos caídos. Até o momento do recolhimento do animal ser possível, ele deve ficar isolado do contato com humanos, preso no interior de um recipiente invertido, como um balde ou bacia, por exemplo. Todo tipo de contato humano com morcegos (manipulação, animais caídos ou que amanheceram em lugares onde dormiram pessoas) deve ser informado às unidades de saúde, vigilância à saúde ou departamento de controle de zoonoses.


11. QUAL TIPO DE ATENDIMENTO POSSO OBTER PARA O MEU ANIMAL NO DEPARTAMENTO DE CONTROLE DE ZOONOSES (DCZ)?

O DEPARTAMENTO DE CONTROLE DE ZOONOSES (DCZ) faz aplicação de vacinas contra a raiva em cães e gatos, rotineiramente, quando trazidos pelos seus proprietários.  Atendimentos clínicos não são realizados, cabendo ao responsável pelo animal procurá-los em caso de necessidade.


12. COMO FUNCIONA A VACINAÇÃO DE CÃES E GATOS PELO DEPARTAMENTO DE CONTROLE DE ZOONOSES (DCZ)?

A vacinação disponível é apenas contra a raiva canina ou felina. Ela é gratuita e ocorre na rotina do próprio departamento ou na forma da campanha de vacinação, que neste ano será em Setembro. Os munícipes devem procurar na programação da campanha, a ser divulgada, os dias em que os postos de vacina estarão mais próximos à suas residências para poderem levar seus animais ou entrar em contato com o DEPARTAMENTO DE CONTROLE DE ZOONOSES (DCZ) ? 4544 ? 1240/4543 ? 6197/ 0800 77 29 441.


13. O DEPARTAMENTO DE CONTROLE DE ZOONOSES (DCZ) FORNECE VACINAS PARA SEREM LEVADAS E APLICADAS NA CASA DAS PESSOAS?

Uma vez que as vacinas precisam ser mantidas sob um rígido controle de temperatura e manejo, devendo ser aplicadas imediatamente após a sua retirada das caixas com temperatura monitorada, as mesmas nunca são entregues à população, que deve providenciar a melhor maneira de levar seus cães e gatos para serem vacinados, pois a vacina contra raiva é muito importante e é obrigatória por lei.


14. COMO LEVAR O ANIMAL PARA SER VACINADO?

Como na época da campanha é normal haver uma grande concentração de animais nos postos de vacinação, torna-se necessário a prevenção de fugas ou acidentes através da contenção e transporte adequados para a situação. Os animais cães de menor porte e gatos podem ser levados em caixas de transporte ou conduzidos por guia, no caso dos cãezinhos. Em se tratando de gatos, aqueles proprietários que não possuem caixas, podem transportá-los em carrinhos de feira devidamente fechados. Não é recomendado carregar felinos apenas com as mãos pelo alto de risco de acidentes. Os cães maiores devem ser conduzidos por guia e coleira ou enforcador. Raças como Pit Bull, Rotweiller, Mastim Napolitano ou qualquer tipo de cão potencialmente agressivo deverão ser conduzidos também com focinheira. Cães grandes podem ser levados para a vacinação em veículos de passeio, observando-se sempre o bem estar do animal e a segurança do condutor. As pessoas que forem levar os animais para a vacinação devem ter idade e força física adequada ao tipo de animal que estarão transportando. 


15. ENCONTREI UM RECIPIENTE COM LARVAS QUE PODEM SER DO MOSQUITO TRANSMISSOR DA DENGUE. O QUE FAZER?

A Secretaria de Saúde realiza vistoria e orientação sobre eliminação e controle de criadouros em todo o município, através dos Agentes de Combate às Endemias e Agentes Comunitários de Saúde. Entretanto, lembramos que é da responsabilidade de todos a eliminação desses recipientes ou, quando não for possível a eliminação, lavar esse recipiente com esponja e sabão no mínimo uma vez por semana. No caso de caixa d?água sem tampa, providenciar o fechamento correto.


16. ENCONTREI UM MOSQUITO NA MINHA RESIDÊNCIA E QUERO SABER SE É O MOSQUITO TRANSMISSOR DO VÍRUS DA DENGUE. O QUE FAZER?

Tente capturar o mosquito sem amassá-lo, e encaminhe-o diretamente ao Departamento de Zoonoses ou através de uma Unidade de Saúde mais próxima para ser identificado. Independente do resultado é importante que o munícipe realize uma vistoria em sua residência para identificar possíveis criadouros e eliminá-los.



VIGILÂNCIA E PROTEÇÃO À SAÚDE ? VIGILÂNCIA SANITÁRIA


1. QUAL A DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA PEDIDO DE ALVARÁ INICIAL?

Requerimento em Vigilância Sanitária obtido na Central de Atendimento no Paço Municipal ou pelo site: maua.sp.gov.br ? seção de formulários
Informações necessárias:
- Contrato Social ? Contendo o nome do Responsável Legal como Sócio.
- Cartão CNPJ
- Documento do Responsável Legal: RG, CPF, Comprovante de Residência
- Documento Responsável Técnico: RG, CPF, Comprovante de Residência, Carteira do Conselho e Contrato de Trabalho ou carteira de trabalho comprovando vinculo empregatício: (a necessidade de haver RT no estabelecimento é vinculado ao CNAE conforme CVS 4 Legislação vigente do Estado de São Paulo)
- Taxa de Assunção de Responsabilidade técnica
- Taxa de Alvará Inicial


2. QUAL A DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA RENOVAÇÃO DO ALVARÁ SANITÁRIO?

Requerimento em Vigilância Sanitária obtido na Central de Atendimento no Paço Municipal ou pelo site: maua.sp.gov.br ? seção de formulários
Informações necessárias:
- Taxa de Renovação
- Cópia do Alvará vencido


3. QUAL A DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA BAIXA DE RESPONSÁVEL TÉCNICO (RT)?

Destrato de Contrato de Trabalho ou Baixa na Carteira de Trabalho e Taxa de Baixa de RT.


4. QUAL A DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA ASSUNÇÃO DE RESPONSÁVEL TÉCNICO (RT)?

- RG, CPF, Comprovante de Residência, Carteira do Conselho e Contrato de Trabalho ou carteira de trabalho comprovando vinculo empregatício
- Taxa de Assunção de RT.